Ontem aconteceu o segundo bate-papo da segunda temporada de LIVES da Flexo & Labels. Marcia Romano recebeu Ariofrasio Nascimento, diretor comercial da fabricante de equipamentos Kromia.

Ao lado de Gerson Nascimento, Ariofrasio (ou Ari, como é amplamente conhecido no mercado), destacou que 2020 havia começado de forma muito positiva para a empresa até a pandemia, que obrigou a Kromia a se adaptar – contudo, sem reduzir significativamente a produção. “Não paramos nenhum dia, tínhamos pedidos para atender”, afirma Ari.

“Claro que tivemos que lidar com o psicológico, levar paz para os colaboradores, porque no início todos ficaram muito preocupados”, lembra. “Graças à união de todos, a Kromia passou por esse momento difícil”.

Segundo ele, agora, o mercado está começando a reagir, inclusive, com novas vendas de máquinas dentro do Brasil e na América Latina e Europa. Além disso, tendências que se evidenciaram na pandemia devem a permanecer, abrindo novas possibilidades de aplicações para rótulos e embalagens flexíveis. “Por exemplo, produtos de higiene tendem a continuar crescendo muito”, analisa.

Segmentos e novidades

Ari destacou a evolução da Kromia em segmentos como in mold labels, sleeves e embalagens flexíveis, desenvolvendo projetos para os clientes por meio de uma equipe dedicada. “Temo evoluído bastante em pouco tempo”, diz Ari.

Sobre as novidades, o diretor afirmou que certamente quem visitar a Flexo & Labels 2021 poderá ver de perto lançamentos importantes.

“Temos que ter agilidade para atender às mudanças do mercado”, destaca Ari. “Ano passado conquistamos muito mercado, sobretudo para pequenas e médias tiragens em empresas que estão otimizando seus investimentos, com a máquina modular da linha Speed. Para o ano que vem teremos novidades dentro de nossa nova linha Infinity que, como o próprio nome diz, chega para oferecer uma infinidade de possibilidades ao mercado.”

Acerca dessa nova linha, cujas novidades serão apresentadas em detalhes de 9 a 12 de março no Pro Magno Centro de Eventos, Ari ressaltou que o equipamento trará para o Brasil um diferencial tecnológico muito grande, com sistema servomotor na transmissão e no grupo de tensão, porém, com acessórios adicionais que trarão maior facilidade operacional.

“Eu nasci impressor. Quando desenvolvemos um equipamento, também pensamos na facilidade para o operador”, diz.

Outra novidade é a inserção da tecnologia UV LED na linha de produtos da Kromia. “Não vamos no embalo do mercado, somos uma instituição e temos que zelar pelo nome da empresa. Houve vários testes antes de lançar essa tecnologia no mercado, conversamos com provedores de tintas e experts, para, agora, termos segurança para vender um produto com tecnologia LED UV”, afirma Gerson.